70 anos de lutas e conquistas

O Sindicato dos Taxistas teve a carta sindical expedida pelo Ministério do Transporte em 25 de março de 1946. O embrião da entidade foi a Associação Profissional dos Condutores Autônomos, criada por 25 ‘choferes de praça’ exatos dois anos antes da fundação do sindicato. O primeiro nome da entidade foi Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários de São Paulo, tendo por base territorial a capital do Estado.

Em 1948, como havia no Estado apenas mais um sindicato da categoria restrito à zona oeste do Estado de São Paulo, que se originava de Bauru, a entidade estendeu a sua base territorial e passou a se chamar Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários da Zona Norte, Leste e Sul do Estado de São Paulo.

Até que, em face ao surgimento de vários sindicatos municipais de condutores autônomos, a entidade adquiriu nova denominação e voltou a representar apenas os taxistas da capital paulista.

Numa assembléia de associados realizada em 1990, o nome deliberado foi Sindicato dos Condutores de Veículos Rodoviários de São Paulo. Em 1992, enfim, nova assembléia geral adotou a denominação atual da entidade – Sindicato dos Taxistas Autônomos de São Paulo.

A entidade já teve várias sedes. Durante os anos 40, ficava numa sala da Igreja de São Cristóvão,localizada na Rua Alfredo Miranda. Depois, o sindicato funcionou na Praça José Roberto, mas a sede era alugada e dava muitos gastos. Em 1956, na gestão do Presidente João Baptista de Abreu, o sindicato adquiriu sua primeira sede própria, no bairro da Liberdade, onde ficou até setembro de 1980. Transferiu-se, então, para a Vila Clementino, permanecendo até os dias de hoje, na sede construída durante a gestão do então presidente Rogério Atorre. As atuais dependências oferecem ampla infra-estrutura e possibilitam um contato contínuo com os taxistas. Nos anos 90, já na gestão do Presidente Natalício Bezerra Silva, a sede recebeu diversas ampliações e o sindicato também construiu uma subsede na zona leste. Por isso, pode-se dizer que nesses 60 anos, o Sindicato dos Taxistas construiu uma história de muitas lutas e grandes conquistas.

Desde os anos 90, Natalício Bezerra Silva vem sendo reeleito. As últimas eleições ocorreram no final de abril de 2010. Oportunidade em que a chapa encabeçada por ele foi reeleita por um mandato de cinco anos.